Bancos ainda registram desaceleração na demanda por crédito, diz Febraban

R7

O presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal, disse nesta segunda-feira, 10, que continua sendo observada no mercado uma desaceleração da demanda por crédito. "Todo mês fazemos um levantamento. O crédito teve um processo longo de expansão, do crescimento do produto, mas esse ano o crescimento deve ser menor", disse, lembrando que a expansão ao longo dos últimos anos vinha em ritmo de dois dígitos.

Segundo último levantamento realizado pela federação, as previsões para o crescimento do crédito em 2015 estão em 9%, de acordo com pesquisa realizada com analistas do mercado financeiro. Já a expansão projetada para 2016 está em 9,7%. O menor crescimento do crédito, lembrou Portugal, segue a lógica do enfraquecimento da economia brasileira, com expectativa de retração do Produto Interno Bruto (PIB).

CSLL

Sobre o projeto enviado pelo governo que eleva de 15% para 20% a alíquota da Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL), devida por instituições financeiras, Portugal disse que a entidade ainda aguarda a tramitação do assunto no Congresso Nacional.

view R7