vida zh

O tamanho que teremos

O tamanho que teremos

Todas as pessoas, em escalas variadas de ambição e força, procuram conquistar uma posição de significância aos olhos dos seus pares. Excluindo os invejosos, que nunca irão a lugar nenhum, e absolvidos
Liderança: que entidade é essa?

Liderança: que entidade é essa?

Os líderes são essenciais e buscados à exaustão, mas infelizmente não podem ser fabricados em série, independentemente do quanto se disponha de recursos para este investimento. Com um talento nato,
Felicidade é o que conta

Felicidade é o que conta

O mundo seria insuportavelmente monótono se as pessoas fossem iguais. Mas, como felizmente são diferentes, os protocolos de felicidade não podem ser estereotipados como propõem os livros de autoajuda
Alguém por trás de uma voz

Alguém por trás de uma voz

A facilidade de comunicação entre desconhecidos permite que nos tornemos amigos quase íntimos de indivíduos que nunca vimos pessoalmente. E algumas dessas relações virtuais, muito dependentes da
Alexandra Aranovich: Enquanto houver morangos

Alexandra Aranovich: Enquanto houver morangos

Particularmente, acho que morango nem parece fruta — leva mais jeito para sobremesa. Transforma até a folga em um doce fim de semana. Esse foi o ingrediente principal do nosso roteiro entre amigos em
O estigma da invisibilidade

O estigma da invisibilidade

Foto: Edu Oliveira / Arte ZH O fantasma da invisibilidade deprime a todos, e de maneira mais contundente aos que, em algum momento, estiveram sob holofotes. Perguntem a um artista de sucesso o que
Alexandra Aranovich: simpatia para o ano novo: pisar nas uvas

Alexandra Aranovich: simpatia para o ano novo: pisar nas uvas

Comer 12 uvas é uma das tradições para dar sorte na virada do ano. Mas no lugar das 12 uvas sugiro uma colheita logo após a virada, mais precisamente a partir de 19 de janeiro, quando se inicia a

Alexandra Aranovich: O que fez o seu ano ser bom?

No último dia do ano, ficamos todos mais reflexivos. Por isso, desta vez, minha dica para a virada não será de viagem ou de restaurante. Quero falar de algo essencial para toda a vida e,
Zerando as contas

Zerando as contas

A julgar pela quantidade de textos e filmes inspirados nela, somos forçados a admitir que a vingança é um dos sentimentos humanos mais ricos. Condenada pelas religiões e censurada por todos os códigos
Um amigo. O trabalho que dá

Um amigo. O trabalho que dá

Foto: Edu Oliveira / Arte ZH São tão imprevisíveis a circunstância e o momento em que duas pessoas se flagram amigas, que a retrospectiva de amizades duradouras é sempre um festival de encontros
Alexandra Aranovich: Garibaldi em uma noite e muitos brindes

Alexandra Aranovich: Garibaldi em uma noite e muitos brindes

No último mês, um dos artigos campeões de acessos no meu blog ( o Café Viagem ) foi sobre uma festa de rua animadíssima que se aproxima. Não se trata de Carnaval, mas, sim, de um evento ímpar na serra
O abandono

O abandono

O Ezequiel veio da emergência com o diagnóstico de pneumotórax, o que eliminou todas as burocracias e os impeditivos para a admissão imediata no hospital. Tinha o olhar triste e os ombros pesados de
Esses primitivos que somos

Esses primitivos que somos

Dias depois daquele tsunami que varreu o leste da Indonésia em 2004, uma força-tarefa partiu em busca de sobreviventes nas ilhas mais distantes, algumas delas candidatas ao desaparecimento por estarem
Estorvo

Estorvo

Desde a primeira década do século 20, quando começou-se a projetar a expectativa de vida da população, percebeu-se que, a cada cinco anos, este índice vai aumentando numa curva de crescimento cuja
Por motivo de força maior

Por motivo de força maior

Como quase todo mundo, eu odeio dar notícia ruim. E naquele momento nada machucaria tanto quanto a verdade completa. Os exames que trazia revelavam mais um encaminhamento tardio de uma doença cuja

Alexandra Aranovich: Vibrando em Mendoza

Tem destinos para onde você leva as crianças. Outros que transformam você em uma. Mendoza — terra do malbec e capital do vinho na Argentina — é a Disneylândia dos adultos e amantes do vinho. Há muito

Alexandra Aranovich: Quando o sol voltou a brilhar

Toda cidade, por menor que seja, tem a sua praça. A praça é o coração da cidade. E toda grande metrópole tem (ou deveria ter) um parque urbano, o pulmão verde. Praça e parque são sempre excelentes
A falta de notícias

A falta de notícias

A compensação pelo trabalho voluntário nunca é claramente dimensionada, e a maioria silenciosa que se dedica a cuidar de pessoas desconhecidas descobriu que a generosidade se basta como atitude.
O que a gente aposenta quando se aposenta?

O que a gente aposenta quando se aposenta?

Depois de muitos anos, nem sei exatamente quantos, encontrei-o na praia, em Vitória. Caminhava com aquela lerdeza de quem saiu de casa determinado a ir a lugar algum. Com mais cabelos do que a maioria
Afeto é plantação

Afeto é plantação

Que o afeto crônico é o melhor antídoto para a indiferença, todo mundo sabe. Quando propus, numa mesa redonda na TV sobre como criar filhos amorosos, o uso precoce e contínuo da massagem como forma de