jj camargo

A Aleppo de todos nós

A Aleppo de todos nós

A banalização da morte, que tanto choca as pessoas de bem quando envolve alguém que conhecemos, passa por um processo de amortecimento quando se trata de um desconhecido, mas que, para sorte nossa,
Ingratidão, um estigma

Ingratidão, um estigma

A gratidão e a fidelidade foram paridas do mesmo óvulo e deviam ser mantidas como siamesas e valorizadas como atributos dos seres superiores. A vida, no entanto, se empenha em depreciá-las pela
Alguém que olhe por nós

Alguém que olhe por nós

Entre pessoas aquinhoadas, a principal diferença entre viver e fazer de conta passa obrigatoriamente pela seleção do que priorizamos como ração vital. Os que se alimentam exclusivamente de bens
As marcas encantadas

As marcas encantadas

Uma das complexidades das relações afetivas, que justifica o porquê das duradouras serem pouco frequentes, é a necessidade de constante adequação dos personagens, a exigir que as diferenças
A face oculta do erro médico

A face oculta do erro médico

Um leigo desavisado que frequente a mídia sensacionalista deve estar impressionado com a quantidade de erros médicos, reportados justamente no momento em que se anunciam os mais modernos avanços
J.J. Camargo assume a vice-presidência da Academia Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro

J.J. Camargo assume a vice-presidência da Academia Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro

Na última sexta-feira (14), tomou posse na vice-presidência da Academia Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro, o médico J.J. Camargo, cirurgião torácico da Santa Casa de Porto Alegre e cronista do
Com o crescimento da judicialização, estamos todos meio perdidos

Com o crescimento da judicialização, estamos todos meio perdidos

O Simpósio sobre Responsabilidade Civil do Médico promovido pela Academia Nacional de Medicina foi extremamente elucidativo por colocar, lado a lado, os conceitos legais recomendados pelos bacharéis e
Também se morre do medo de morrer

Também se morre do medo de morrer

As coisas que fariam diferença na vida do Adolpho, um velho mecânico aposentado, foram negligenciadas na hora em que deviam ter sido reconhecidas e, agora, eram irresgatáveis.Pensava no quanto os