jeba

Uma única letra pode mudar tudo

Pela cara do indiozinho (esqueci o nome dele), parece que ele fala rocha mesmo. Safado.

O tipo de comentário que a gente não espera ler

Mesmo com o jeito meio retardado de escrever, ainda sim é algo que a sociedade como um todo ainda não aceita ler de boa. Só dela saber como a mãe segura a jeba do pai já é algo peculiar… Dica do

A praia genital

– Eai cara, onde você mora? – Mano, passando o saco, vira a direita e para pouco antes de chegar na cabeça… Deve ser um lugar gozado (já peço desculpas). Dica do leitor Murilo Furlan.