indicadores econômicos

PIB já acumula queda de 4% neste ano com menos investimentos

PIB já acumula queda de 4% neste ano com menos investimentos

Economia brasileira recua 0,8% entre julho e setembro, o sétimo trimestre de queda. Investimentos haviam tido leve alta no segundo tri com mudança de Governo, mas caíram outra vez
Funcionário venezuelano aos comerciantes de Caracas: “Baixem os preços!”

Funcionário venezuelano aos comerciantes de Caracas: “Baixem os preços!”

Regulador de preços do Governo visita estabelecimentos em Caracas exigindo que não aumentem os preços

Vendas no varejo crescem 2% em novembro, aponta IBGE

Categoria: Comércio e Serviços Jornal GGN - Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE) mostram que as vendas do comércio varejista tiveram alta de 2% em novembro na
Samuel Pessôa: “A PEC dos gastos vai trazer racionalidade e forçar novas reformas”

Samuel Pessôa: “A PEC dos gastos vai trazer racionalidade e forçar novas reformas”

Pesquisador do Ibre defende que a racionalização dos gastos provavelmente ajudará a melhorar áreas importantes, como a saúde e a educação
Em alta, economia mundial ensaia abandonar os ‘anabolizantes’ injetados após 2008

Em alta, economia mundial ensaia abandonar os ‘anabolizantes’ injetados após 2008

Com crescimento global no prumo, bancos centrais apresentam plano para tirar dinheiro de circulação. No Brasil, presidente do BC diz que cenário externo favorece o país, mas não vai durar para sempre,
Temer na presidência encarece ajuste e se torna “um peso” no mercado

Temer na presidência encarece ajuste e se torna “um peso” no mercado

Investidores veem 'custo Temer' nos preços do país, com juros e custos mais altos. “Mercado tem apreço por reformas e não por manutenção” do presidente, diz gestor
“O auge do populismo ameaça a ajuda internacional”

“O auge do populismo ameaça a ajuda internacional”

O copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates acha que para 2030 poderá ser erradicado a pobreza extrema
Melhora da economia ainda é torcida, não é o fim da recessão

Melhora da economia ainda é torcida, não é o fim da recessão

Se investimento e consumo das famílias estão em queda, como mostrou o IBGE, a conta da recuperação econômica ainda não fecha
O otimismo joga raízes na zona euro

O otimismo joga raízes na zona euro

Os 19 países da união monetária encadeiam dados positivos. Mas alguns riscos seguem latentes
Dois anos de Macri: da forte recessão de 2016 à recuperação perto das eleições

Dois anos de Macri: da forte recessão de 2016 à recuperação perto das eleições

Os dados indicam que o presidente chega com um balanço contraditório a seu primeiro desafio eleitoral
Guia para comemorar o pibinho

Guia para comemorar o pibinho

Eis que tamanho não é mais documento na economia. Intermitentes do mundo, uni-vos no brinde da festa da firma
Argentina confirma a pior inflação em 25 anos no primeiro ano de Macri

Argentina confirma a pior inflação em 25 anos no primeiro ano de Macri

Governo confia na desaceleração da escalada, mas 2017 começa com aumentos generalizados
Banco Central acelera corte de juros após bom comportamento da inflação

Banco Central acelera corte de juros após bom comportamento da inflação

Alta de preços cede em 2016 e fecha o ano em 6,29%. Desaceleração faz Copom intensificar corte na Selic, e juros caem a 13% ao ano
Economia brasileira encolhe 3,6% em 2016 com aperto do cinto das famílias

Economia brasileira encolhe 3,6% em 2016 com aperto do cinto das famílias

A queda foi generalizada em todos os setores das economia e consumo dos brasileiros cai há oito trimestres seguidos
Clima de “euforia” nas principais empresas alemãs

Clima de “euforia” nas principais empresas alemãs

Confiança empresarial no setor atacadista alemão atinge o nível mais alto desde 2010
Governo Macri volta a aumentar a conta de luz na Argentina, agora em até 148%

Governo Macri volta a aumentar a conta de luz na Argentina, agora em até 148%

Alta amplia pressão sobre a classe média, que tem sofrido uma notável perda de poder aquisitivo

Setor de serviços recua 5% em 2016, pior resultado desde 2012

Categoria: Comércio e Serviços Jornal GGN - Em 2016, o setor de serviços teve queda de 5%, influenciado pelas fortes perdas na atividade de transporte. O resultado é o pior da série história
Inflação na Argentina não para e o preço do pão sobe 83% em um ano

Inflação na Argentina não para e o preço do pão sobe 83% em um ano

Item representa quase três pontos da cesta básica e duplica a inflação oficial
Bancos argentinos já não sabem onde colocar tantas cédulas

Bancos argentinos já não sabem onde colocar tantas cédulas

A decisão do Banco Central de não aceitar dinheiro vivo das instituições leva o sistema financeiro ao colapso

Após 57 anos, economia de Brasília ainda se apoia na máquina pública

Cidade possui 1 dos maiores IDHs do BrasilMas tem maiores números de desigualdade