fauna

Macaco-prego é inteligente e pode saltar até três metros de distância

Macaco-prego é inteligente e pode saltar até três metros de distância

Espécie vocaliza para se comunicar quando se distancia do grupo. Alimenta-se de frutos, castanhas, insetos e até fungos.

Macaco-da-noite tem olhos adaptados para enxergar no anoitecer

Animal difere dos outros primatas por ter hábito noturno e dormir durante o dia. Alimenta-se de frutos, folhas e pequenos invertebrados.

Chororó-de-goiás tem plumagem preta e ocorre na Bacia do Araguaia

Ave se alimenta de aranhas, escorpiões e lagartas. Ocorre na região da bacia do Araguaia- Tocantins e vive em florestas subtropicais.

Choquinha-de-garganta-pintada segue correições de formigas

Ave é restrita ao Sudeste do Brasil. Macho e fêmea se destacam pela mesma plumagem que tem detalhes em branco na região da garganta.

Ampliação adequada do Parque dos Veadeiros pode garantir proteção a 50 espécies

Alto Paraíso de Goiás (GO) - Vista de área pertencente à proposta de ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, no município de Alto ParaísoMarcelo Camargo/Agência Brasil O simpático pato
Coró-coró vive em regiões de mata alagada e tem a voz melodiosa

Coró-coró vive em regiões de mata alagada e tem a voz melodiosa

Ave conhecida como caraúna e curubá emite um som semelhante ao seu nome “coró-coró”, principalmente no crepúsculo.
Cobra-papagaio tem hábito noturno e fica enrolada nos troncos das árvores

Cobra-papagaio tem hábito noturno e fica enrolada nos troncos das árvores

Espécie chama atenção pela cor viva. Não é peçonhenta e alimenta-se de roedores, aves e pequenos répteis.
Os chimpanzés que mataram o seu chefe tirano

Os chimpanzés que mataram o seu chefe tirano

Um grupo assassina o líder deposto depois que este volta do exílio e come seu cadáver
Surucucu-pico-de-jaca mede até 2,5 metros e tem hábito noturno

Surucucu-pico-de-jaca mede até 2,5 metros e tem hábito noturno

Espécie está ameaçada e é considera a maior serpente peçonhenta das Américas. Alimenta-se de pequenos roedores e marsupiais como gambás.
Ariramba-bronzeada se destaca pela beleza das penas verdes-acobreadas

Ariramba-bronzeada se destaca pela beleza das penas verdes-acobreadas

Ave vive empoleirada em galhos secos. Alimenta-se de borboletas, libélulas, mamangavas e vespas. Ocorre no Acre, Amapá e Amazonas.
Jabuti-tinga pode pesar até 12 quilos e tem placa óssea no lugar de dentes

Jabuti-tinga pode pesar até 12 quilos e tem placa óssea no lugar de dentes

Espécie alimenta-se de frutas, verduras, legumes, minhocas e gramíneas. Ocorre da região amazônica ao Mato Grosso e também em países vizinhos.
Beija-flor-de-papo-branco pode ser avistado nas serras do Sudeste

Beija-flor-de-papo-branco pode ser avistado nas serras do Sudeste

Ave territorialista faz uso do canto para demarcar a área. Apesar do pequeno tamanho, atrai de longe pela beleza da plumagem.
Papa-lagarta-acanelado balança o rabo quando está pousado em galho

Papa-lagarta-acanelado balança o rabo quando está pousado em galho

Espécie ocorre em todo o país e também na Venezuela, Argentina e Paraguai. Alimenta-se de gafanhotos, lagartas e camundongos.
Caneleiro-preto é ave briguenta e chama atenção pelo canto alto e forte

Caneleiro-preto é ave briguenta e chama atenção pelo canto alto e forte

Espécie é conhecida em Minas Gerais como araponguinha. Costuma vocalizar durante o crepúsculo, de madrugada e à tarde.
Piu-piu e pica-pau-anão-pintado são clicados por fotógrafo no Ceará

Piu-piu e pica-pau-anão-pintado são clicados por fotógrafo no Ceará

Fabrício Corsi Arias é fotógrafo de Campinas (SP) e realizou expedição ao Ceará para clicar as aves da Caatinga. Confira alguns registros.
Jacu-de-barriga-castanha é ave grande ameaçada de extinção

Jacu-de-barriga-castanha é ave grande ameaçada de extinção

Espécie de 77 centímetros está praticamente extinta fora da planície do Pantanal. Tem comportamento arredio quando perturbada.
Ficou emocionado com o urso acariciando um cachorro? Pois a história acabou mal

Ficou emocionado com o urso acariciando um cachorro? Pois a história acabou mal

O dono do canil alimentava os ursos polares... até que um dia deixou de fazê-lo
Rendeira tem o nome associado ao som produzido pelo bater das asas

Rendeira tem o nome associado ao som produzido pelo bater das asas

Durante o acasalamento, o macho estufa as penas da garganta e voa rapidamente para chamar atenção da fêmea.
Tartarugas mortas chamam a atenção de veranistas no Litoral Norte

Tartarugas mortas chamam a atenção de veranistas no Litoral Norte

O aparecimento de tartarugas marinhas mortas à beira-mar vem chamando a atenção de veranistas em praias como Capão da Canoa. Em uma extensão de apenas um quilômetro de areia, entre a Praia do Barco e
Atobá-pardo rega as penas com óleo  para mantê-las impermeabilizadas

Atobá-pardo rega as penas com óleo para mantê-las impermeabilizadas

Conhecido como alcatraz pardo e mergulhão, é um pescador nato e se alimenta de peixes e crustáceos. Ocorre em toda a costa brasileira.