doleiro

Moro autoriza Youssef, que poderia ser condenado a 121 anos, a fechar 3 anos em casa

Moro autoriza Youssef, que poderia ser condenado a 121 anos, a fechar 3 anos em casa

Categoria: Justiça Jornal GGN - Uma das armas mais potentes contra a reeleição de Dilma Rousseff em 2014, o doleiro Alberto Youssef, pivô da Lava Jato, conseguiu reformular seu acordo de delação
Moro autoriza Youssef, que poderia ser condenado a 121 anos, a 3 anos em casa

Moro autoriza Youssef, que poderia ser condenado a 121 anos, a 3 anos em casa

Categoria: Justiça Jornal GGN - Uma das armas mais potentes contra a reeleição de Dilma Rousseff em 2014, o doleiro Alberto Youssef, pivô da Lava Jato, conseguiu reformular seu acordo de delação

Delegado que recebeu propina para blindar empresário tinha ligações com Youssef

Categoria: Justiça Jornal GGN - O delegado da Polícia Federal de Londrina, no Paraná, Sandro Roberto Viana, foi preso em flagrante na tarde do último sábado (25), dividindo R$ 35 mil em propina com

Condenado a mais de 100 anos, Alberto Youssef passa ao regime aberto

Doleiro é considerado peça-chave da Operação Lava JatoEle havia sido investigado no caso Banestado, no ParanáNa ocasião, assinou o 1º acordo de delação da história o país

Adiado para sexta-feira depoimento do ex-presidente da OAS

Previsto para esta terça-feira (20), o depoimento do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, na ação penal da Operação Sépsis, foi adiado para a próxima sexta-feira (23). Pinheiro foi arrolado pelo

Adiado para sexta-feira depoimento do ex-presidente da OAS

Previsto para esta terça-feira (20), o depoimento do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, na ação penal da Operação Sépsis, foi adiado para a próxima sexta-feira (23). Pinheiro foi arrolado pelo
Cunha é acusado de se beneficiar de lucro de fundos de previdência

Cunha é acusado de se beneficiar de lucro de fundos de previdência

Categoria: Justiça Danos teriam atingido R$ 2 milhões da Previdência da Companhia de Águas e Esgotos e mais R$ 39 milhões da Cedae do Rio Fotos: Reprodução Jornal GGN - O ex-presidente da

TRF4 reduz pena de doleiro condenado na Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, reduziu hoje (9) a pena do doleiro Raul Henrique Srour de sete anos e dois meses para cinco anos, cinco meses e cinco dias de

TRF4 reduz pena de doleiro condenado na Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, reduziu hoje (9) a pena do doleiro Raul Henrique Srour de sete anos e dois meses para cinco anos, cinco meses e cinco dias de
TRF-4 reduz pena do doleiro Raul Srour condenado na Lava Jato

TRF-4 reduz pena do doleiro Raul Srour condenado na Lava Jato

Categoria: Justiça Foto: Luis Macedo - Câmara dos Deputados Da Agência Brasil Por Daniel Isaia O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, reduziu hoje (9) a pena do
Escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro

Escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro

Categoria: Justiça Eles e a planilha. no Diário do Centro do Mundo Exclusivo: escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro por
Moro e a arte de antecipar juízo e fingir que não é com ele

Moro e a arte de antecipar juízo e fingir que não é com ele

Categoria: Justiça Cíntia Alves Foto: Theo Marques/Folhapress Jornal GGN - Dois fatos passaram batidos no despacho em que Sergio Moro negou à defesa de Lula que Rodrigo Tacla Duran seja ouvido na
DCM: Escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro

DCM: Escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro

Categoria: Justiça Eles e a planilha. no Diário do Centro do Mundo Exclusivo: escritório de doleiro alegou sigilo profissional para negar à Receita informações sobre contrato com Rosângela Moro por