discos póstumos

A música não para; discos póstumos que fizeram história

A música não para; discos póstumos que fizeram história

Chegou esta semana ao Spotify o novo disco do Sabotage, codinome de Mauro Mateus dos Santos (1973-2003). O trabalho, batizado apenas com o nome do rapper paulistano se junta a outros álbuns póstumos