cláudio couto

Dois professores universitários fazem a defesa impossível do voto obrigatório. Quem sofre são os argumentos

Dois professores universitários fazem a defesa impossível do voto obrigatório. Quem sofre são os argumentos

Se você é do tipo que gosta de soluções autoritárias, que diminuam o poder de escolha das pessoas e aumentem o arbítrio do Estado, então é o caso de pedir a opinião de intelectuais. Claro, os há