cemitérios

Anjos da Hospitalidade nasce buscando o nicho de eventos fúnebres

Uma das poucas certezas da vida de todo ser humano é sua morte. Eventos fúnebres é uma industria que carece de bons fornecedores. A Anjos da Hospitalidade nasceu para incrementar o setor. REDAÇÃO DO
No dia de finados, Orquestra Maré do Amanhã leva música a cemitério do Rio

No dia de finados, Orquestra Maré do Amanhã leva música a cemitério do Rio

Rio de Janeiro - Orquestra Maré do Amanhã, formada por 30 jovens das comunidades do Complexo da Maré, se apresenta no dia dos finados no Cemitério da Penitência (Tomaz Silva/Agência Brasil)Tomaz

Em Manaus, mais de 500 mil devem visitar cemitérios hoje

Mais de 500 mil pessoas são esperadas nos seis cemitérios urbanos de Manaus nesta quarta-feira (2), Dia de Finados. Os portões foram abertos às 6h e vão fechar às 19h. Nos cemitérios Nossa Senhora

Cemitérios têm movimento intenso em São Paulo

Nesta quarta-feira (2), dia de Finados, os 22 cemitérios públicos da capital paulista devem receber cerca de um milhão de pessoas, de acordo com a estimativa do Serviço Funerário de São Paulo. Cerca
Mesmo com chuva, Dia de Finados leva público a cemitérios da Capital

Mesmo com chuva, Dia de Finados leva público a cemitérios da Capital

Apesar da chuva que atinge Porto Alegre nesta quarta-feira, feriado de Finados, cemitérios da Capital têm movimentação grande de público prestando homenagens a parentes e amigos mortos. A procura
Espanha aprova exumação dos restos mortais do ditador Franco

Espanha aprova exumação dos restos mortais do ditador Franco

Destino de Franco ainda é incerto, possivelmente o panteão familiar no cemitério de Mingorrubio

Vítimas da ditadura são homenageadas com placas em cemitério de São Paulo

O Cemitério Municipal de Campo Grande, na zona sul da capital paulista, recebeu hoje (18) uma placa em memória de três vítimas da ditadura militar, mortas por agentes do Estado, e que ali foram
Juana, a mulher que tenta provar que está viva, pois descobriu que morreu

Juana, a mulher que tenta provar que está viva, pois descobriu que morreu

Sevilhana de 53 anos tenta provar às autoridades que não está morta: "Para o Estado estou morta, para os bancos estou vivinha da silva"!