bruno goleiro

Bastaram duas semanas. O futebol perdoou Bruno. Apesar da condenação por assassinato, recebeu nove propostas. Assinou contrato de dois anos com o Boa Esporte. Você torceria por um criminoso?

Bastaram duas semanas. O futebol perdoou Bruno. Apesar da condenação por assassinato, recebeu nove propostas. Assinou contrato de dois anos com o Boa Esporte. Você torceria por um criminoso?

Bastaram duas semanas. E o futebol perdoou Bruno. O goleiro, que foi condenado a 22 anos de cárcere privado, pela morte de Elisa Samudio, já tem clube. Assinou contrato de dois anos com o Boa Esporte,