barragem bento rodrigues

Construir Bento Rodrigues

Construir Bento Rodrigues

No plano da reparação são necessárias soluções técnicas excelentes. Não devemos preteri-las em favor de arremedos
Bento Rodrigues, um ano depois do maior desastre ambiental do Brasil

Bento Rodrigues, um ano depois do maior desastre ambiental do Brasil

O impacto da maior tragédia do meio ambiente no Brasil, causada por uma inundação tóxica que provocou 19 mortes, ainda é visível um ano depois no povoado de Bento Rodrigues, sepultado completamente
Preconceito e espera no lento recomeço de uma região dependente da mineração

Preconceito e espera no lento recomeço de uma região dependente da mineração

Atingidos pelo rompimento da barragem convivem com discriminação em Mariana e têm dificuldade de se acostumar com a nova rotina urbana
Samarco, Vale e 22 pessoas serão julgadas por desastre em Mariana

Samarco, Vale e 22 pessoas serão julgadas por desastre em Mariana

Justiça aceita denúncia do Ministério Público Federal pelo rompimento da barragem de Fundão. Acusações são de crimes ambientais e homicídios. Réus terão 30 dias para apresentar defesa
Uma denúncia para cobrar punição pelos mortos no desastre de Mariana

Uma denúncia para cobrar punição pelos mortos no desastre de Mariana

Procuradores pedem à Justiça que 21 sejam julgados por homicídio. Entre os denunciados estão o então presidente da Samarco e representantes da Vale e BHP
Minha casa, a lama levou

Minha casa, a lama levou

Um ano após a maior tragédia socioambiental do país, ex-moradores de Bento Rodrigues lutam agora contra construção de um dique que vai alagar parte do que restou do povoado
“Entrei em casa e só peguei a chave da caminhonete. Sabia que era ela que ia salvar nossas vidas”

“Entrei em casa e só peguei a chave da caminhonete. Sabia que era ela que ia salvar nossas vidas”

Um ano após tragédia de Mariana, atingidos relembram momento do desastre e falam do futuro
A vida após a lama

A vida após a lama

Rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, completa 12 meses. Pessoas que viram seu passado ser levado por um tsunami de rejeitos ainda sofrem com a tragédia e lutam para serem indenizados

Tragédia de Mariana: “Complexidade do desastre atrasa punição da Samarco”

Necessidade de detalhar prejuízos para chegar a custo de reparação estende prazo do processo, explica procurador do caso do rompimento da barragem de Mariana. Acidente de proporções que o país nunca

Justiça suspende ação que pode punir responsáveis por tragédia de Mariana

Ex-diretores da Samarco dizem que foram usadas provas ilegais e juiz paralisa processo para análise
Em Mariana, a tristeza segue seu curso e a ansiedade só faz crescer

Em Mariana, a tristeza segue seu curso e a ansiedade só faz crescer

Moradores aguardam que a Samarco tire do papel os planos de reerguer uma nova vila depois de dois anos do desastre que matou 19 e deixou rejeitos ao longo de 600 km da Bacia de rio Doce
Moradores preferem comprar água pois já não confiam no Rio Doce

Moradores preferem comprar água pois já não confiam no Rio Doce

Apesar de laudos atestarem que abastecimento de Governador Valadares e Colatina já é seguro, parte dos moradores prefere comprar água mineral
Dois anos de lama

Dois anos de lama

Rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, completa 24 meses. Vítimas ainda lutam por indenizações e processos se arrastam na Justiça
“Quero seguir a vida em outro lugar. Isso foi um sonho que já está destruído”

“Quero seguir a vida em outro lugar. Isso foi um sonho que já está destruído”

Dois anos após tragédia de Mariana, atingidos contam como o desastre mudou suas vidas e criticam lentidão de indenizações
Desastre de Mariana: a vila de pescadores onde não se pode pescar

Desastre de Mariana: a vila de pescadores onde não se pode pescar

Lama invadiu a foz do Rio Doce, em Regência (ES), e desde então pescadores estão impossibilitados de trabalhar: "Foi mesmo que cortar meus dois braços e minhas duas pernas".
Julgamento da tragédia de Mariana volta a andar após cinco meses parado

Julgamento da tragédia de Mariana volta a andar após cinco meses parado

Juiz federal não acatou tese da defesa, que havia pedido a nulidade de provas devido a supostas irregularidades