anamatra

Aprovação de mudanças nas leis trabalhistas divide opiniões

A aprovação do projeto de lei que altera mais de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) na noite de ontem (11), pelo Senado, dividiu opiniões entre especialistas, entidades de classe e

Leia manifestações de entidades sobre a terceirização da atividade-fim

Projeto foi aprovado nesta 4ª feira (23.mar.2017)Empresários se colocaram a favor da matériaRepresentantes de trabalhadores foram contra

Aprovação de mudanças nas leis trabalhistas divide opiniões

A aprovação do projeto de lei que altera mais de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) na noite de ontem (11), pelo Senado, dividiu opiniões entre especialistas, entidades de classe e

Juízes e procuradores pedem a pronta suspensão de reformas de Temer

Associações da Magistratura e do Ministério Público afirmam que, se confirmadas as denúncias contra Temer, a manutenção do peemedebista é inviável

Juízes e procuradores pedem a pronta suspensão de reformas de Temer

Associações da Magistratura e do Ministério Público afirmam que, se confirmadas as denúncias contra Temer, a manutenção do peemedebista é inviável

Congressistas lançam frente parlamentar pelas eleições diretas

Grupo está de olho no cenário após possível cassação de TemerNeste caso, quer novo presidente escolhido por voto popular
Juízes, procuradores e fiscais não devem aplicar a reforma trabalhista 'a ferro e fogo'

Juízes, procuradores e fiscais não devem aplicar a reforma trabalhista 'a ferro e fogo'

A reforma trabalhista entrará em vigor daqui exatos nove dias. A nova lei nº 13.467 muda diversos pontos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), porém, não deve ser cumprida "a ferro e fogo" por
Juízes, procuradores e fiscais não devem aplicar a reforma trabalhista 'a ferro e fogo'

Juízes, procuradores e fiscais não devem aplicar a reforma trabalhista 'a ferro e fogo'

A reforma trabalhista entrará em vigor daqui exatos nove dias. A nova lei nº 13.467 muda diversos pontos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), porém, não deve ser cumprida "a ferro e fogo" por