17 bandas de rock brasileiras compostas por mulheres para ouvir agora | Eu ouvi pra você #40

Facebook
VKontakte
share_fav

O rock é como um vilão de histórias da Marvel. Sempre que ele parece estar morto e enterrado, uma grande reviravolta acontece e ele retorna, sob uma nova forma. Mais forte, em edição revista e atualizada, pronto pra encarar os problemas do novo mundo que se apresenta.

Desde seu surgimento as pessoas parecem ter um certo prazer em anunciar seu fim. Foi assim quando o rockabilly perdeu força e deu surgimento ao rock psicodélico. Depois, veio o hard rock, o progressivo, o punk, o grunge. Assim, se me perdoam a explicação grosseira, ele vai e vem e se renova em ondas mais ou menos populares.

Hoje, aparentemente, estamos em uma dessas marés baixas. O Rap e o Funk mais fortes do que nunca, fazem a cabeça da molecada muito mais do que a rebeldia caricata de outrora. Além disso, as tecnologias que se apresentam para fazer música atualmente são mais fáceis de se aprender e baratas do que comprar e estudar uma guitarra.

Assim, não é de se espantar que tenhamos pouca música com guitarra, baixo e bateria rolando nas rádios e revirando a cabeça dos adolescentes.

Mas o New York Times deu a letra: Link Youtube

Carne Doce

Link Youtube ">

My Magical Glowing Lens

Link Youtube

Karen Dió

Link Youtube

Cinnamon Tapes

Link Youtube

Inky

Link Youtube

Charlotte Matou Um Cara

Link Youtube

Ema Stoned

Link Youtube

Rakta

Link Youtube

Napkin

Link Youtube

Deb and The Mentals

Link Youtube

Nervosa

Link Youtube

BBGG

Link Youtube

BRVNKS

Link Youtube

Lu Manzin

Link Youtube

Plutão Já Foi Planeta

Link Youtube

Duda Brack

Link Youtube

ver Papo de Homem
#cultura e arte
#eu ouvi pra você