Santos volta aos treinos buscando recuperar ‘DNA ofensivo’ em 2017

Facebook
VKontakte
share_fav

Nenhum clube no mundo balançou as redes mais que o Santos. Casa de Pelé, Pepe, Coutinho, Giovanni, Robinho e Neymar, o Peixe já marcou mais de 12 gols em 105 anos de história. Neste Campeonato Brasileiro, porém, a equipe comandada por Levir Culpi não vem honrando o ‘DNA ofensivo’ do alvinegro.

Mesmo invicto há 14 partidas e ocupando a terceira colocação, o Santos possui o quarto pior ataque do torneio, com 23 gols anotados em 22 jogos, na frente apenas de Avaí, Atlético-GO e Coritiba, que lutam contra o rebaixamento.

Lucas Lima não tem conseguido ajudar o Santos a balançar as redes no Brasileirão (Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

E para recuperar a velha força ofensiva, Levir terá 10 dias livres apenas para treinar a equipe, afinal, o elenco se reapresenta nesta quinta-feira e o próximo compromisso será apenas no próximo dia 10, às 16h (de Brasília), contra o Corinthians, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Brasileirão.

“Temos um time que pode produzir mais, mas a ineficiência de poucos gols do ataque nos coloca nessa posição dos piores ataques. Às vezes, tem que priorizar algumas coisas e o coletivo se sobressair. Ninguém se destaca assombrosamente, os gols diminuíram, mas o coletivo prevalece”, explicou o centroavante Ricardo Oliveira.

O post Santos volta aos treinos buscando recuperar ‘DNA ofensivo’ em 2017 apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#santos
#retorno
#folga
#barcelona de guayaquil
#libertadores
#peixe
#dna ofensivo