Apple descontinua as linhas iPod Nano e Shuffle; iPod Touch sobe no telhado

Facebook
VKontakte
share_fav

ipod-nano

Vocês se lembram quando eu disse que ao esquecer completamente dos 15 anos da linha iPod, a Apple já havia deixado subentendido que seus players dedicados não teriam uma vida muito mais longa? Pois bem: sem fazer alarde a empresa descontinuou os modelos Nano e Shuffle, deixando de vendê-los e removendo todas as referências de seu site.

E não deve demorar muito para o iPod Touch ter o mesmo destino.

Sendo bastante franco, HOJE a linha iPod não significa nada para a Apple. Embora tenha sido um gadget revolucionário, que mudou a indústria da música e nossa relação com consumo de mídia (começando pela música e se estendendo a filmes, séries e etc.) os players dedicados dão ponto de audiência, tudo o que eles fazem foi canibalizado pelo iPhone com a vantagem de oferecer conexão de dados em 4G (e fazer ligações de voz, dizem). Embora muita gente ainda goste de utilizar os gadgets menores para atividades esportivas, esse público é uma minoria e manter tais linhas é mais do que tudo um estorvo, visto que a Apple poderia se concentrar em fabricar mais iPhones.

Isso posto, usuários dos modelos mais baratos do iPod que não têm dinheiro para arcar com um iPhone acabaram migrando para soluções Android de entrada ou intermediários, visto que um Shuffle com 2 GB de armazenamento por R$ 399,00 não era exatamente acessível, e isso ainda piora com o Nano custando até então R$ 1.199,00. A Apple, ciente de que seus players não mais vendiam como outrora passou a lançar cada vez menos atualizações: o último update do Shuffle saiu em 2010 e o do Nano, em 2012.

ipod-shuffle

Com isso a linha iPod foi aos poucos jogada para escanteio: em 2014 a linha Classic foi encerrada, tanto por escassez de peças quanto pela necessidade de matar de vez a porta de 30 pinos; a categoria iPod foi escondida dentro do site oficial; seus números de venda deixaram de ser informados em 2015; a Apple não mais os mencionou em keynotes e para completar, o Nano e o Shuffle não tinham acesso ao Apple Music por não rodarem iOS. O completo silêncio quando dos 15 anos da linha foi o alarme final, de que o outrora player revolucionário estava com os dias contados.

Em nota ao Business Insider a Apple confirmou o encerramento das linha Nano e Shuffle como uma estratégia para simplificar a linha iPod, que atualmente é representada apenas pelo Touch nas versões de 32 GB e 128 GB. Mas sendo pragmático, mesmo ele não deve durar muito tempo.

ipod-touch

O motivo é simples: o iPod Touch é sob todos os aspectos um iPhone sem 4G, o que exclui apenas os apps que dependem de um número de telefone válido para funcionar (como o WhatsApp por exemplo); seus preços sugeridos de R$ 1.299,00 e R$ 1.999,00 não são nem de longe acessíveis e convenhamos, quem em sã consciência vai carregar um smartphone (iPhone ou Android) e um Touch no bolso quando pode ter tudo em apenas um gadget?

O iPod Touch será mantido por um pouco mais de tempo simplemente por ser o único de sua categoria compatível com o Apple Music, mas num mundo que não dá a mínima para players dedicados e ainda mais um que custa quase o mesmo que um smartphone de ponta, mas sem 4G é certeza que ele será o próximo a ser derrubado do telhado, num futuro não muito distante de modo a permitir a total concentração da Apple nos esforços de produzir mais iPhones.

Portanto fica o aviso: se você realmente quer um iPod para completar sua coleção, é melhor correr.

Fonte: Business Insider.

The post Apple descontinua as linhas iPod Nano e Shuffle; iPod Touch sobe no telhado appeared first on Meio Bit.

ver Meio Bit
#ipod touch
#ipod
#ipod nano
#ipod shuffle
#mp3 player
#iphone