No mesmo dia, Temer depõe sobre corrupção e é julgado no TSE por crime eleitoral

Facebook
VKontakte
share_fav

No dia em que se inicia o julgamento que pode definir o seu futuro na presidência da República, Michel Temer terá de responder a 84 incômodas questões feitas pela Polícia Federal. Será o seu depoimento formal no inquérito em que é investigado por três crimes: corrupção, obstrução à Justiça e participação em organização criminosa. Nesta terça-feira o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a decidir se chapa Dilma-Temer é culpada ou inocente dos delitos de abuso de poder político e econômico durante a eleição presidencial de 2014, quando foi a vencedora.

ver El País
#crises políticas
#justiça eleitoral
#tse