Desmanche? Europa ameça e São Paulo tem dificuldade em conseguir reposições

Facebook
VKontakte
share_fav

Luiz Araújo, Thiago Mendes, Júnior Tavares, Rodrigo Caio… São muitos os de atletas de destaque do São Paulo que despertam o interesse do futebol europeu. Com o atacante já vendido para o Lille-FRA, o Tricolor já busca no mercado peças de reposição para essa e outras eventuais saídas.

“O mercado sempre oferece possibilidades de reposição, mas precisamos do lado financeiro. Se você está vendendo, obviamente não vai trazer um jogador mais caro do que o que foi negociado. Se alguma venda for feita, tenho certeza de que o São Paulo vai repor”, afirmou o técnico Rogério Ceni.

Conforme apurado pela Gazeta Esportiva, a negociação total por Luiz Araújo é de 10 milhões de euros (R$ 36,4 milhões), o que deixaria sete milhões de euros para o São Paulo. O Tricolor, no entanto, convenceu o Mirassol, dono dos outros 30% dos direitos econômicos de Luiz Araújo, a abrir mão de parte do valor para que a venda fosse realizada. Uma parte do valor será benéfico para a busca de reforços, como apontou Rogério Ceni.

No início da temporada, o São Paulo vendeu o atacante David Neres para o Ajax-HOL por R$ 50,7 milhões. Pouco depois, em estratégia para pagar dívidas e acalmar a torcida ao mesmo tempo, o presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, usou parte do valor para contratar o argentino Lucas Pratto. Assim, por conta das dificuldades financeiras do clube, Rogério admite que a equipe do Morumbi pode ter que vender mais jogadores.

“Eu acho que há necessidade, na maioria dos clubes brasileiros, de ser efetuada no mínimo uma venda no ano para equilibrar as contas, e isso não é exclusividade do São Paulo. Tem algumas exceções no Brasil, mas sempre trabalhamos com essa possibilidade. Asim, não posso dizer quantos jogadores sairão. Se algum atleta deixar o São Paulo, vamos ir no mercado rapidamente atrás de outro jogador”, completou Ceni.

Além de Luiz Araújo, o volante Thiago Mendes é outro tricolor que interessa ao Lille e pode ir para a França. As negociações pelo meio-campista, porém, não estão tão adiantadas e o São Paulo ainda não recebeu uma proposta oficial pelo atleta. O Tricolor detém 80% dos direitos do jogador, e aguarda uma proposta na faixa de seis milhões de euros (R$ 21,8 milhões).

O volante, que tem 20% de seus direitos ainda vinculados ao Goiás, é titular absoluto da equipe de Rogério Ceni, e já disputou 141 jogos pelo clube, anotando 11 gols. Atualmente, se recupera de uma lesão no joelho direito e iniciou os trabalhos com bola na última quinta-feira.

Outro atleta na mira da Europa é o lateral-esquerdo Júnior Tavares. O ala interessa ao Ajax-HOL, que já levou o atacante David Neres, mas o negócio até o momento não passa de sondagens da equipe holandesa.

A equipe do Morumbi ainda vive o risco de perder Rodrigo Caio nesta janela de transferências internacionais do meio do ano. Na última terça-feira, a Gazeta Esportiva já destacou com exclusividade uma conversa entre o zagueiro, o técnico Rogério Ceni e o advogado do clube, Alexandre Pássaro. Na ocasião, o trio passou alguns minutos isolado dos demais atletas e comissão técnica após o treinamento. Além disso, a renovação de Diego Lugano está indefinida e Breno foi emprestado ao Vasco da Gama.

Reposições estão complicadas

Luiz Otávio foi um nome tentado pelo São Paulo (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Já prevendo as possíveis saídas de Rodrigo Caio e Thiago Mendes, o São Paulo foi ao mercado para buscar ao menos um zagueiro e um volante, porém, a habilidade que o Tricolor demonstra em vender atletas, não se repete nas contratações.

Para a zaga, dois atletas foram analisados: Luiz Otávio, da Chapecoense, e Cléber, do Santos. O primeiro chegou ao Verdão junto ao Luverdense e se firmou como titular da equipe, desbancando o antes capitão Douglas Grolli. Com prioridade de compra, a Chape agiu rapidamente e adquiriu o jogador.

Já o defensor santista chegou a ser consultado pela diretoria do São Paulo, que nem sequer fez uma oferta oficialmente devido aos altos valores envolvidos a transação.

Na volância, o nome de Fernando Bob, da Ponte Preta, já era dado como certo no Tricolor, mas um imbróglio na negociação que envolvia o Internacional, dono dos direitos econômicos do atleta, acabou melando a transação. Assim, o nome da vez é o ex-corintiano Petros, que pertence ao Real Betis-ESP, mas acabou de renovar seu contrato.

Com Luiz Araújo, Rodrigo Caio e Júnior Tavares, mas sem Thiago Mendes, que se recupera de uma lesão no joelho direito, o São Paulo volta a jogar no próximo domingo contra a Ponte Preta, às 16h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Tricolor chega ao confronto embalado pelos dois triunfos seguidos, contra Avaí e Palmeiras, ambos em casa.

O post Desmanche? Europa ameça e São Paulo tem dificuldade em conseguir reposições apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#contratações
#rodrigo caio
#luiz araújo
#luiz otávio
#fernando bob
#junior tavares
#thiago mendes
#saídas