Após polêmica, Chape repudia atitude de torcedores do Porto

Facebook
VKontakte
share_fav

A Chapecoense se pronunciou oficialmente sobre caso polêmico ocorrido em Portugal, no qual a torcida do Porto, durante partida de handebol da equipe, entoou cantos ofendendo o rival Benfica. “Quem dera o o avião da Chapecoense fosse do Benfica”, dizia trecho da música.

Em nota publicada em seu site, o clube catarinense classificou a atitude dos portugueses como “triste”, por fazer “referência desairosa e ofensiva ao acidente do voo da Chapecoense”.

Na tragédia, ocorrida em novembro de 2016, quando a delegação da equipe brasileira viajava à Colômbia para disputar a partida de ida da final da Copa Sul-Americana, diante do Atlético Nacional, morreram 71 pessoas, entre jogadores, dirigentes, membros da comissão técnica, jornalistas e tripulantes.

Presidente da Chape assinou a nota oficial (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

No fim do texto, a Chapecoense pede aos torcedores do Porto, e também a todos os clubes do país europeu e do mundo, “congraçamento, respeito e concórdia nas relações esportivas”.

Confira a nota oficial da Chapecoense:

A ASSOCIAÇÃO CHAPECOENSE DE FUTEBOL, em relação aos tristes acontecimentos ocorridos nesta semana em Portugal, quando uma parte da torcida do Clube do Porto, em disputa esportiva local, incitou o público presente, fazendo referência desairosa e ofensiva ao acidente do voo da Chapecoense, entoando canto agressivo e de desrespeito à memória dos mortos e do Clube, na lamentável tragédia ocorrida na Colômbia, manifesta-se com profundo pesar sobre tais fatos, que não são próprios de pessoas de bem e do meio esportivo, cujo ambiente deve ser sempre de respeito e solidariedade ao adversário e não de propagação de ódio e cizânias, mormente nos conturbados tempos atuais da humanidade.
No futebol, como em qualquer disputa no campo esportiva, deve se sobrepor o primado da ética e da solidariedade humana, sempre em busca do congraçamento e da felicidade das pessoas e dos povos, aliás, estes os objetivos maiores da vida.
Por fim, a Chapecoense, concita seus Clubes irmãos de Portugal e de todo o mundo para que disseminem o congraçamento, respeito e concórdia nas relações esportivas.

Chapecó, SC, Brasil, 13 de abril de 2017.

A Diretoria:

PLÍNIO DAVID DE NES FILHO – PRESIDENTE

IVAN TOZZO – VICE PRESIDENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO

LUIZ ANTÔNIO PALAORO – VICE PRESIDENTE JURÍDICO

LUIZ ANTÔNIO DANIELLI – VICE PRESIDENTE MARKETING E PATRIMÔNIO

NEI ROQUE MOHR – VICE PRESIDENTE DE FUTEBOL

O post Após polêmica, Chape repudia atitude de torcedores do Porto apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

ver Gazeta Esportiva
#benfica
#porto
#chapecoense