Multinacionais dos EUA se voltam contra decreto migratório de Trump

Facebook
VKontakte
share_fav

O decreto que veta a entrada nos Estados Unidos de cidadãos de sete países de maioria muçulmana não tem apenas consequências morais e éticas. O caos e a confusão gerados pela iniciativa assinada na sexta-feira por Donald Trump também afetam as grandes multinacionais, que reprovam firmemente a ação executiva do presidente porque agora temem pela segurança de seus funcionários e os possíveis efeitos negativos sobre suas operações.

ver El País
#vítimas guerra
#nike
#demografia
#tesla motors
#migração
#goldman sachs
#refugiados