Unidos da Tijuca pode captar R$ 5,8 mi para desfile ‘com Beyoncé’

Facebook
VKontakte
share_fav

Segundo publicação no Diário Oficial desta quarta-feira, a Unidos da Tijuca, vice-campeã do Carnaval do Rio de Janeiro em 2016, fica autorizada pela Secretária de Fomento e Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, a captar 5,8 milhões de reais via leis de incentivo para produção e realização do desfile no Carnaval de 2017 (agendado para o dia 26 de fevereiro).

O prazo para captação é curto. A escola de samba tem desta quarta-feira até o dia 31 de dezembro de 2016 para arrecadar o dinheiro. Mas a popularidade da agremiação, que foi alavancada pelas inovações do carnavalesco Paulo Barros em desfiles recentes, deve ajudar. Desde 2010, a Unidos da Tijuca permanece entre as cinco melhores colocadas, conquistou três títulos (o último em 2014), e ficou com o vice campeonato em 2016, atrás da Mangueira.

O enredo da Unidos da Tijuca também tem um apelo muito popular. O desfile, inspirado no encontro real entre Louis Armstrong e Pixinguinha, ocorrido nos anos 1950, no Rio, vai homenagear grandes nomes da música americana, como Michael Jackson, Whitney Houston e Elvis Presley. A escola queria, inclusive, trazer Beyoncé para ser um dos destaques da noite. Mas a diva pop não virá e a agremiação terá que se contentar com uma ala coreografada com sósias da cantora.


Arquivado em:Entretenimento
ver Veja
#ministério da cultura
#beyoncé
#unidos da tijuca