Obama critica o diretor do FBI: “Não agimos a partir de insinuações”

Facebook
VKontakte
share_fav

Após dias de silêncio, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, entrou de cabeça nesta quarta-feira na tempestade política causada pelo anúncio do FBI sobre uma nova investigação dos emails de Hillary Clinton. Obama criticou a decisão do diretor da polícia federal norte-americana, James Comey – nomeado pelo próprio presidente para o cargo – de divulgar as investigações sobre a candidata democrata, a poucos dias da eleição presidencial.

Seguir leyendo.

ver El País
#fbi