Até a Pepsi quer ser artesanal

Facebook
VKontakte
share_fav

Quando vai aos Estados Unidos, o chef Ivan Ralston volta com quinino na mala –casca pulverizada de uma árvore peruana. Com isso, em seu restaurante Tuju, faz água tônica caseira (o que explica porque o gim tônica dele é tão acima da média). Leia mais (03/02/2016 - 02h00)

ver Folha de S. Paulo